Saiba porque o Windows 10 é mais seguro que as versões antigas

Windows 10

Saiba porque o Windows 10 é mais seguro que as versões antigas

Por muitos anos, especialistas de tecnologia apontaram o Windows como um sistema pouco seguro. Comparando com funções de outros sistemas, eles indicavam que o sistema operacional da Microsoft era carente de uma série de recursos que, em um cenário em que o Windows possuía o maior número de instalações ativas do planeta, colocava os dados de usuários em um risco grave.

Essa realidade mudou. Nas últimas versões do Windows, os desenvolvedores da Microsoft investiram uma grande quantidade de recursos na criação de ferramentas que tornassem o sistema operacional mais seguro e confiável. Isso chegou ao seu pico no Windows 10, que agora é considerado um dos melhores sistemas operacionais do mercado e um dos principais para quem busca mais segurança no seu dia a dia.

Quer saber os motivos e o que torna a segurança digital tão importante? Então continue a leitura deste post!

Qual é a importância de utilizar sistemas operacionais mais seguros?

Computadores já estão profundamente integrados no nosso dia a dia. No ambiente corporativo, eles são peças-chave de uma rotina mais eficaz, com alta mobilidade e baixo índice de erros. Graças a eles, a troca de dados e a execução de tarefas é feita em prazos menores, permitindo que empresas tenham mais lucro e competitividade.

Nesse cenário, ameaças digitais tornaram-se uma grande preocupação de gestores. Conectados em rede, computadores podem ser atingidos facilmente se os seus sistemas não forem modelados para evitar tentativas de roubo de dados e acesso não autorizado a recursos. Como consequência, a empresa perde clientes e reduz a sua capacidade de realizar negócios.

É para evitar tais riscos que a companhia deve investir no uso de sistemas atualizados. Quando a companhia trabalha com a versão mais recente de suas aplicações, as chances de uma pessoa estar exposta a vulnerabilidades é reduzida ao máximo. Se tais aplicações possuírem um processo de instalação de updates simplificado, a confiabilidade do sistema de TI pode ser garantida sempre.

Como o Windows 10 é mais seguro do que as outras versões do Windows?

O Windows 10 trouxe uma série de recursos para tornar o dia a dia de cada usuário mais seguro e confiável. Graças a eles, essa é a versão mais confiável já feita. Confira alguns abaixo.

Windows Hello

O Windows Hello oferece uma camada nova de segurança para usuários. Com o auxílio de uma câmera, ele elimina a necessidade de usuários utilizarem senhas para fazer login em suas máquinas, trocando a digitação de uma grande sequência de caracteres alfanuméricos pelo reconhecimento facial.

Esse recurso é otimizado continuamente e é uma das formas mais confiáveis de fazer login em um sistema. Uma vez que o Windows Hello é configurado, não há mais a necessidade de digitar senhas para entrar no Windows 10, tornando esse processo mais simples e ágil. Ao contrário de senhas, não há como roubar a sua face.

SmartScreen

Integrado ao Edge, o SmartScreen é uma tecnologia anti phishing. Essa solução utiliza uma grande base de dados da Microsoft baseada na nuvem para avaliar a confiabilidade de páginas web. Assim, sempre que uma pessoa tentar acessar uma página com baixo histórico de confiabilidade, alertas são exibidos para prevenir o roubo de dados.

Windows Defender

O Windows Defender é a solução nativa do Windows para proteger usuários contra vírus e malwares. As atualizações são aplicadas em tempo real, assim como a detecção de ameaças. Dessa forma, qualquer arquivo presente no computador que esteja comprometido pode ser descoberto rapidamente.

Device Guard

Esse recurso permite que o usuário possa impor políticas de integridade que eliminam as chances do sistema executar aplicativos com um código-fonte pouco confiável. Assim, ataques como os de ransomware são bloqueados facilmente.

Secure Boot

O novo padrão de segurança do Windows reduz as chances do usuário iniciar o sistema caso o boot e o firmware estejam comprometidos. Dessa forma, o gerenciador de inicialização da máquina fica livre de ameaças que possam atuar nesse momento.

Credential Guard

Com o auxílio de técnicas de virtualização, o Credential Guard usa processos utilizados por uma série de ataques, como o Petya. Dessa forma, mecanismos de segurança e de rede ficam protegidos contra ameaças digitais, e as chances de um ataque obter sucesso caem drasticamente.

App Locker

Em máquinas que não possuem o Device Guard ativo, o App Locker entra em ação para proteger o usuário da execução de programas pouco confiáveis.

UAC

Também conhecido como Controle de Conta de Usuário, o User Account Control é um recurso que foi introduzido no Windows 7 e tem sido otimizado desde então. A sua principal função é limitar o acesso a recursos administrativos por programas sem que o usuário saiba. Altamente personalizável, o UAC é uma forma simples e prática de impedir que um programa desconhecido consiga executar modificações profundas no sistema.

Como tornar o Windows ainda mais seguro?

O Windows 10 é um dos sistemas mais seguros que existem atualmente. Além das funções apontadas neste texto, usuários podem tomar uma série de medidas para evitar ataques e reduzir as chances de suas informações serem roubadas. O primeiro passo é o uso de senhas complexas, reduzindo as chances de um ataque do tipo força bruta obter acesso rápido às suas contas.

Desative a execução de macros em todos os programas com suporte a esse recurso. Muitos ataques utilizam as macros para obter acesso mais fácil a recursos administrativos do computador, então é importante que elas sejam executadas apenas em arquivos que o usuário considere confiáveis.

Além do Windows, todos os programas instalados na sua máquina devem ser atualizados regularmente. Lembre-se que atualizações são uma forma importante de obter acesso a novos recursos e de corrigir falhas que prejudicam o desempenho e a segurança do usuário.

Mantenha recursos como a reprodução automática desativados. Isso impede que ataques via pen-drive que aproveitam-se dessa ferramenta possam atingir o computador. Além disso, não se esqueça de utilizar apenas unidades de armazenamento removível conhecidas.

Outro ponto importante são as medidas utilizadas para trocar arquivos. Dê preferência a serviços de cloud computing para essa tarefa. Eles fornecem mais segurança do que o envio de arquivos via e-mail, além de terem um leque de opções de controle maior.

Utilizando todas essas medidas e recursos, o Windows 10 pode ser utilizado sem comprometer a segurança do usuário no seu dia a dia. Se você tiver outro sistema, é necessário fazer uma migração segura e livre de riscos. Saiba como isso é feito neste post sobre o tema!

 

Compartilhe este Post