Escalabilidade e agilidade são características fundamentais em ambientes de Hiperconvergência

Escalabilidade e agilidade são características fundamentais em ambientes de Hiperconvergência

A Hiperconvergência ganhou popularidade principalmente devido à sua capacidade de simplificar as operações de TI. Uma arquitetura hiperconvergente combinou software de virtualização com hardware de desempenho. Sua estrutura de hardware foi certificada como totalmente compatível com o hipervisor e com qualquer software de suporte, a exemplo de drivers e ferramentas de gerenciamento.

Além disso, todo o pacote hiperconvergente foi vendido como um único produto, precisando apenas de uma única fonte de suporte técnico. Como tal, as empresas muitas vezes adotaram a Hiperconvergência na esperança de evitar dores de cabeça comuns, como problemas de compatibilidade de hardware ou problemas com os fornecedores.

Desta forma, a arquitetura em Hiperconvergência é amplamente usada, principalmente como plataforma de virtualização, aplicado em empresas de diferente setores e tamanhos e também em suas filiais espalhadas em diferentes lugares.

Com o seu crescimento, os clientes hiperconvergentes estão atribuindo cada vez mais a ela um único trabalho no ambiente de TI, escolhendo a função para a qual sua escalabilidade e agilidade no gerenciamento são as mais adequadas.

Agilidade na prática com uso da Hiperconvergência

A customização e implementação de uma estrutura hiperconvergente tem atendido através de seus fornecedores, importantes requisitos de carga de trabalho, mantendo as vantagens que tornaram a Hiperconvergência tão popular nos setores de TI, demonstrando principalmente suas características de escalabilidade e agilidade.

Na prática, por exemplo, podemos considerar  os requisitos da empresa quanto a necessidade de uma estrutura de backup. Um dispositivo de backup requer, acima de tudo, uma grande quantidade de armazenamento, muito mais do que normalmente seria encontrado em uma implantação padrão hiperconvergente.

Como tal, um fornecedor de backup que baseia seu produto em uma estrutura em Hiperconvergência incluiria, sem dúvida, o máximo de armazenamento possível.

Entretanto, isso nos leva a um ponto importante em relação aos dispositivos de backup como caso prático do uso de infraestrutura hiperconvergente. Se o armazenamento fosse a única coisa importante nesta arquitetura, um fornecedor de backup poderia criar um produto baseado em NAS a um custo significativamente menor do que um produto baseado em HCI.

Porém, a Hiperconvergência se torna uma opção ágil para backup porque a maioria dos sistemas de backup modernos oferece suporte à recuperação instantânea de máquinas virtuais.

Se uma máquina virtual (VM) precisar ser restaurada, por exemplo, a VM poderá ser temporariamente hospedada diretamente no servidor de backup, enquanto uma restauração tradicional ocorrerá em segundo plano. Como a Hiperconvergência foi projetada com a virtualização em mente, ela se presta muito bem para a hospedagem de cargas de trabalho de recuperação instantânea de forma ágil.

Escalabilidade é uma opção estratégica através da Hiperconvergência

Ainda citando exemplos práticos de ambientes de Hiperconvergência em benefício da estrutura computacional das empresas, os desktops virtuais aproveitam os recursos de virtualização da implantação hiperconvergente. Entretanto, existe outro aspecto que torna a HCI tão bem adaptada à tarefa de hospedar desktops virtuais: a escalabilidade.

Em um ambiente de VDI (Virtual Desktop Infrastructure), a arquitetura utilizada geralmente é capaz de hospedar um determinado número de desktops virtuais. Esse número varia dependendo do hardware subjacente e de como os desktops virtuais são usados.

Ao adotar uma estrutura hiperconvergente, o setor de TI passa a ter a facilidade para o planejamento da capacidade de desktops virtuais. Como cada nó na implantação de Hiperconvergência pode manipular um número específico de desktops virtuais, a organização pode dimensionar a escalabilidade de VDI de uma maneira previsível, simplesmente adicionando nós.

Backup e VDI são apenas dois exemplos de casos de uso de infraestrutura hiperconvergente que apresentam características fundamentais de escalabilidade e agilidade.

De fato, temos muito mais casos de uso aplicados a Hiperconvergência com outros benefícios estratégicos. A estrutura hiperconvergente continuará a ser uma opção viável para as organizações que precisam hospedar cargas de trabalho virtualizadas de propósito geral.

Sobre a Combina

A missão da Combina é ajudar os gestores de TI a atingirem suas metas de negócios ao fornecer os conselhos de tecnologia e os produtos e serviços que eles precisam. As áreas de foco da Combina incluem licenças de software, servidores, networking, armazenamento de dados, cloud computing, segurança,entre outros produtos e serviços conectados à tecnologia de última geração.

Para saber mais sobre os benefícios da Hiperconvergência aplicado ao setor de TI das empresas, assine a nossa newsletter e receba as novidades do blog!

Compartilhe este Post


× Posso te ajudar?