Seis Cuidados importantes ao fazer a migração para nuvem

Seis Cuidados importantes ao fazer a migração para nuvem

A migração para nuvem é um investimento que vem se mostrando vantajoso na grande maioria dos casos, mas é exatamente por isso que muitas empresas fazem essa integração de forma impensada e com vários problemas de execução.

Migrar exige atenção aos detalhes e planejamento. Para ajudá-lo, vamos mostrar os 6 cuidados que você deve ter para uma migração tranquila! 

1. Verificar a viabilidade da migração para nuvem

O primeiro cuidado na hora de migrar vem antes mesmo de você tomar essa decisão: você está fazendo a escolha certa para a sua empresa?

Existem algumas coisas a se levar em conta antes de dar o passo inicial!

  • Necessidade: analise com cuidado os problemas que você quer atacar e defina se essa é mesmo a solução mais eficiente.
  • Desempenho: avalie a demanda da sua empresa por desempenho e se isso não pode se tornar um gargalo no futuro.
  • Investimento: sua empresa está pronta neste momento para injetar dinheiro na solução? É importante conversar com o setor financeiro antes de levar a ideia à diretoria.

2. Fazer um bom planejamento

Por mais simples que seja essa transição e por mais suporte que você receba para gerenciar a sua nuvem, a falta de planejamento anterior à migração pode se voltar contra a sua equipe no futuro.

Tente prever como o serviço de nuvem será usado pelos funcionários da empresa, quais problemas você pode ter no futuro e qual serviço é mais adequado para solucioná-los.

A importância de um bom planejamento é trazer ganhos para a empresa desde o primeiro dia de migração e evitar que erros agora se tornem retrabalhos, custos extras e problemas de contrato no futuro.

3. Migrar em etapas

A migração para nuvem é tratada às vezes como uma decisão de “agora ou nunca”. Profissionais muito preocupados com resultados imediatos podem acabar atropelando processos e gerando novos custos à empresa.

Vá com calma. Adicione à sua estratégia de migração uma integração por etapas. E o mais importante: valide cada etapa antes de partir para a próxima.

Certifique-se de que nada ficou pendente ou mal implementado. Dessa forma, você garante uma integração segura e não compromete a operação da empresa enquanto o processo todo é concluído.

4. Ter atenção especial para os backups

É muito comum em grandes migrações para nuvem que empresas percam dados importantes no meio caminho.

É aqui que a migração por etapas ajuda muito. Separe um dos passos da integração para fazer o backup de todas as informações vitais antes de transferi-las para o servidor externo. Crie um documento para acompanhar e verificar esses arquivos e não se descuide de nenhum processo.

5. Treinar funcionários para lidar com o novo modelo

Estar preparado — esse é um cuidado que todo gerente de TI precisa ter durante sua carreira.

Nesse caso, significa treinar seus funcionários para lidar com o novo sistema e com a forma como ele se integra na sua empresa. Faça treinamentos de crise e deixe-os prontos para lidar tanto na operação do dia a dia quanto na solução imediata de problemas.

6. Escolher a empresa certa

Por último e talvez o mais importante: certifique-se de que você está escolhendo a empresa certa para fornecer seu serviço de nuvem. Isso vai garantir que todos os demais cuidados sejam atendidos com excelência.

Para isso, você deve levar em conta todos estes fatores:

  • Preço: Cuidado em contratar somente pelo preço, pois isso pode sair muito caro. 
  • Flexibilidade: Contrate uma empresa que ajude você a buscar condições de escalabilidade para saber o quão fácil e rápido será aumentar ou diminuir os custos de acordo com a sua demanda.
  • Serviços: estude também as opções de colaboração no trabalho e SaaS, como a oferta de integração com o Office 365 e Azure.
  • Colaboração: entenda a necessidade que seus funcionários têm para acessar, editar e colaborar nos documentos corporativos e passe para a empresa parceira orientar a melhor forma de adequar tudo.
  • Segurança: preste atenção na capacidade do serviço de nuvem para proteger seus dados. Veja com a sua empresa parceira sobre outros clientes que utilizam o serviço para saber mais sobre seu suporte e como ele lida com situações de crise.

A migração para nuvem é uma tendência tornando-se um passo importante e positivo para as empresas, mas não deve ser feito de qualquer jeito. Por esse motivo é necessário saber escolher a empresa parceira certa. E para continuar ajudando você nessa jornada, nós recomendamos a leitura deste artigo sobre como contratar uma empresa que preste esses serviços

Compartilhe este Post


var MauticFormCallback = { qualificacaoformulariodecotacaorapida: { onValidateStart: function () { document.getElementById('mauticform_input_qualificacaoformulariodecotacaorapida_url').value = window.location.href; } } };